Unopar

ENCCEJA

Como funciona o Encceja?

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos é gratuito e voluntário

Se você tem pressa para concluir seus estudos, sabe bastante de matemática, entende de língua portuguesa, mas não tem tempo nem condições de terminá-los, você precisa saber como funciona o Encceja. Afinal, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens Adultos, foi criado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em 2002 para ser uma alternativa aos cursos supletivos ou para o EJA (Educação para Jovens Adultos).

Além de servir como diploma de conclusão dos Ensino Fundamental e Médio, o Encceja permite que, a partir de seu conhecimento, você ultrapasse as etapas de formação. Além disso, o interessante é que esse conhecimento não precisa ter sido aprendido na escola: pode ter sido adquirido em sua história de vida, como por exemplo, em vivências do contexto familiar, no seu ambiente de trabalho e até o convívio com seus amigos.

Como funciona o Encceja

Para obter o certificado Encceja para o Ensino fundamental é preciso ter no mínimo 15 anos de idade. Mas se você deseja fazer a prova do Encceja para validar seu Ensino médio, sua idade deve ser a de no mínimo 18 anos. Geralmente, as datas são anunciadas pelo INEP no começo do ano. As inscrições quase sempre acontecem no mês de agosto e a prova, no mês de novembro.

Para fazer a inscrição do Encceja é preciso:

  • Preencher os requisitos em relação a idade mínima;
  • Apresentar os documentos: CPF, Documento de Identidade (RG, CNH, CTPS, passaporte - para o caso de pessoas que pretendem realizar o Encceja em outro país).

A inscrição é gratuita. A prova do Encceja é composta de 60 questões objetivas e uma redação. Realizada em um único dia, para que o interessado obtenha o certificado do Encceja, é necessário que ele tenha feito, ao final, no mínimo 100 pontos na prova objetiva e cinco pontos na redação.

O que cai na prova do Encceja

Desde o início de sua realização, o INEP coloca em seu portal todo o conteúdo didático que deve ser estudado (tanto para concluir o Ensino Médio, quanto para o Fundamental). Logo, acessar ao conteúdo referente ao que vai cair na prova é fácil. Além disso, é também no site do INEP que está a “Matriz de Competências e Habilidades”.

São 30 habilidades necessárias que podem ser melhoradas antes mesmo de fazer a prova do Encceja. Estão entre elas: o domínio que você tem da linguagem, compreensão dos textos, sua capacidade de argumentar e resolver problemas. Fazendo um cronograma de estudos, bem organizado, fica mais fácil estudar o que a prova pede e terminar seus estudos.

Para o Ensino Fundamental o Encceja pede que você estude:

  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação
  • Matemática
  • História e Geografia
  • Ciências Naturais

Já para concluir o Ensino Médio, o pedido conta com:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Outro ponto interessante é que, se você tiver mais de 18 anos e não conseguiu concluir seus estudos, o Encceja permite que você preste ao exame para obter os dois certificados: do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. É uma das formas mais rápidas, gratuitas e legais sobre como concluir o Ensino rapidamente.

Quer fazer o Encceja de novo?

Se você tentou fazer a prova do Encceja e não foi aprovado, não fique desanimado: basta estar atento aos prazos, estudar o conteúdo e prestar ao exame novamente. Essa possibilidade existe porque o intuito do exame é justamente ajudá-lo na conquista de seu diploma e certificação do Ensino Fundamental ou Médio. Com a conclusão dessa etapa em seus estudos, você pode prosseguir e quem sabe conquistar a carreira de seus sonhos.